Pastor Muller e sua  digníssima esposa  Miriam Inthurn

Translate this Page
  • Currently 2.91/5

Rating: 2.9/5 (971 votos)



ONLINE
2



Partilhe esta Página

 

Radio Admd Que Veio Pra Ficar Com você

 

Radio Admd Que Veio Pra Ficar Com você


Equilibro no casamento
Equilibro no casamento

O casamento é a chegada de uma nova vida

O segredo para um casamento feliz é convidar que Jesus faça parte do relacionamento, para que o casal possa ser usado para a glória de Deus, sendo uma bênção para outras pessoas.

Mateus 19:6

6 - Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem.

É justamente isso o que representa um casamento para homens e mulheres.

Gênesis 2:24

24 - Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne.

Provérbios 18:22

22 - Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do SENHOR.

II Corintios 6:14

14 - Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

O que significa jugo desigual?

Um jugo é uma peça de madeira que une dois bois para trabalharem juntos, arando a terra ou puxando uma carroça. Assim, os dois trabalham em sintonia, partilhando o peso. Um jugo desigual distribui o peso de maneira errada e acontece quando os dois bois são muito diferentes em seu tamanho e suas capacidades.

1)Jugo desigual significa uma união espiritual errada entre um crente e um descrente.

2) E um crente com outro crente.

Os primeiros 5 anos é muito importante para ajustar o “jugo” 

Conhecendo as diferenças

Temperamento

4 tipos de temperamento.

 sanguíneo, temperamento colérico, temperamento melancólico e temperamento fleumático.

- Nervoso bravo

- Calmo demais

-  Relaxado

- Amoroso ou seco

Herança moral

Ciúmes bons ou selo

Os ciúmes saudáveis ​​são aqueles em que a preocupação ou medo de perder a pessoa amada não nos faz perder nossa capacidade de raciocinar. Podemos sentir alguma preocupação, mas isso não faz perder a nossa mente ou nos leva a tirar conclusões irracionais ou até mesmo imaginar situações inexistentes. A pessoa que sente ciúmes saudável quer que seu parceiro fique ao seu lado, mas não tentará controlá-lo. Além disso, esse ciúmes não causa desconforto no parceiro nem afeta seriamente o relacionamento.

ciúmes patológicos

No entanto, o ciúmes patológico vai um passo além, a tal ponto que pode ser classificado como um distúrbio. Esse tipo de ciúmes é infundado e pode obcecar a pessoa que sofre, tornando-se o centro em torno do qual seu mundo gira. Como resultado, eles têm um impacto negativo em seu comportamento e geram hostilidade, autopiedade e profunda insegurança.

1- Baixa autoestima

A baixa autoestima do cônjuge é um elemento muito nocivo para a relação e influencia de forma negativa em todos os comportamentos. A pessoa se sente inferior; não se acha apta ou capaz de manter o relacionamento e transforma a própria vida e a do outro em contínua tortura.

2- Sentimento de posse

É manifestação de arrogância desejar exclusividade total na vida do cônjuge, impondo regras como se não se tratasse de outro ser humano. Não se pode tratar alguém como um objeto, como algo que se possa manipular, prender e controlar.

3- Paranoia

Quando o pensamento do cônjuge se torna repetitivo e negativo, funciona como um veneno para o casamento. O problema é que a mente nesse estado se transforma em um turbilhão de emoções desconectas e passa a criar situações ilusórias muito impróprias.

4- Brigas

Um relacionamento onde o ciúme impera se caracteriza pela desarmonia e descompasso do casal. Um briga por causa do ciúme, o outro, por perder a paciência com o cônjuge e a tendência é que isso vire um ciclo muito perigoso.

5- Insegurança

O medo de perder o cônjuge pode tomar proporções muito graves. O ciumento briga e depois entra em pânico quando o cônjuge perde a paciência, então chora e se humilha piorando o que já está bastante complicado. A insegurança é um grande transtorno no casamento.

6- Agressividade

O ciúme é responsável por parte expressiva dos índices de violência doméstica.

7- Opressão

A tirania de um cônjuge ciumento tem por consequência o sentimento de humilhação e repressão do outro, que com o tempo acaba por sentir que a relação o sufoca.

8- Fragilidade

Um casamento sob a tensão constante do ciúme se deteriora e o relacionamento se fragiliza diante do clima de tensão que o cônjuge inseguro cria a todo o momento.

9- Intranquilidade familiar

O ciúme aniquila a harmonia e compromete a paz do lar, atingindo e desestruturando toda a família. Não apenas o casal sofre, mas também os filhos e qualquer pessoa que seja da convivência familiar.

 

Pastor Muller

Estudo na igreja Ass. de Deus  em nova Guara

 

 

topo